“O Psicólogo que usa Técnicas de Relaxamento economiza sua energia física e acessa as emoções do paciente com mais facilidade!”

O aumento de técnicas reconhecidas pelo SUS em relação às Práticas Integrativas e Complementares ocorrido em 2018 gerou grandes benefícios a todas as profissões da saúde! Aprofundando este contexto, uma das áreas que considero mais beneficiada foi a Psicologia, onde o profissional, o Psicólogo, que já utilizava as práticas com seus respectivos clientes, agora pode usar a prática pautada cada vez mais em cientificidade e credibilidade.

Dr. Marcelo Anselmo, sou Psicólogo! Quais os benefícios da aplicação das Técnicas de Relaxamento no meu trabalho?

Por mais que você, caro colega Terapeuta Integrativo, utilize de forma natural junções de técnicas (Meditações, Aromaterapia, Técnicas de Educação Somática) tenho percebido que poucos profissionais estão usando, de fato, as Técnicas de Relaxamento! É notório e, infelizmente, fantasmagórico, os índices altamente elevados de Ansiedade, Depressão e Estresse no Brasil, e acredito que você lide muito com pacientes que lhe procuram para tratar as doenças supracitadas, logo a utilização destas Técnicas irá lhe proporcionar:

  1. Atuação preventiva e terapêutica para seus pacientes com Ansiedade, Burnout (síndrome do esgotamento), Estresse crônico e Depressão, reduzindo assim, os sinais e sintomas destas doenças, corroborando no controle dos marcadores fisiológicos (pressão arterial, frequência cardíaca, frequência respiratória e atividade neuroelétrica!);
  2. Atuação pautada no Triângulo da Dinâmica Humana, concebendo o cliente a partir do panorama Mente-Corpo-Emoções e como estas 3 áreas da natureza humana dialogam, tratando com mais eficácia possíveis manifestações Psicossomáticas;
  3. Acesso mais fácil às programações comportamentais de pacientes, pois, uma vez, que o paciente esteja relaxado, logo, ele encontra-se em um momento mais endógeno, isto é, mais dentro de si, fato que auxilia o psicólogo a abordar questões ligadas à angústia, tristeza e mágoa;

Baseado nestes contextos, acredito que o Psicólogo esteja “acordando” para a utilização de ferramentas reais de Controle de Estresse que irão melhorar a qualidade do serviço, configurando assim um padrão de serviço em uma curva de qualidade inigualável dentro da Psicologia!

No próximo artigo estarei abordando como que algumas correntes da Psicologia, como TCC (Terapia Cognitivo-Comportamental) e Psicologia Positiva se beneficiam das práticas relaxantes na propedêutica de seu consultório. Por enquanto, deixo o convite pra você saber TUDO sobre estas Técnicas de Relaxamento no Controle do Estresse de forma didática, abrangente e super prática 😉 confira nosso super Curso Online agora!

Abraços fraternais,
Prof. Dr. Marcelo Anselmo

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

[uam_ad id=”3279″]