Mindful Eating durante a pandemia – Reduzindo a compulsão alimentar pelo chocolate

A pandemia do Coronavírus vem ocasionando diversos efeitos na sociedade brasileira, desdobrando-se em desafios em inúmeras esferas da vida diária, tanto em nível individual quanto coletivo.

Inquitações e dúvidas quanto à recuperação da economia, situações sendo destacadas em várias partes do mundo na luta contra o Covid-19 propagadas pela mídia, mudanças de hábitos da população com enfoque nas condutas preventivas e quase que uma metamorfose na liberdade de ir e vir nos deslocamentos cotidianos.

Esse espectro de desafios geralmente nos conduz a um desequilíbrio nos sinais e sintomas do Transtorno de Ansiedade generalizada, Estresse crônico e Depressão para quem apresenta essas respectivas doenças. Já para quem não possui um desses diagnósticos, pode ocorrer a percepção de elementos voltados a essas enfermedades, dentre eles: agitação mental, irritação, fadiga, dor crônica e angústias emocionais.

Soma-se a esses sintomas, um dos mais flagrantes durante esta época do Covid-19: a Compulsão Alimentar! A junção dos fatos originados da pandemia do Coronavírus acrescentada às manifestações das doenças crônicas elencadas, aguça o processo de episódios de Transtornos Compulsivos Alimentares, sobretudo, nos tipos de compulsão alimentar baseados no aumento exacerbado na ingestão de alimentos, presentes nas seguintes condições: obesidade, transtorno da compulsão alimentar periódica (TCAP) e transtorno obsessivo compulsivo por alimentos (TOC), onde dentro da órbita de cada uma dessas desordens, podemos depreender que descarregamos na refeição as válvulas de escape para manejar as situações adversas do momento.

Nesse contexto, o Prof. Dr. Marcelo Anselmo, diretor da Plenitude Bem Estar reitera o seguinte panorama: “na evolução do acompanhamento via teleconsulta que tenho efetuado com pacientes nesta fase do Coronavírus é flagrante perceber que a maioria considera a comida como única ferramenta de geração ou retomada do prazer e felicidade, enaltecidas ainda mais em virtude da mudança de hábitos de vida que estão com a execução comprometida, como: distanciamento social / menor convívio externo, redução da prática de exercícios físicos e maior número de familiares na mesma residência. Esses fatores salientam os gatilhos da fome emocional como um icônico preenchimento das lacunas existenciais!”

De acordo com o Dr. Marcelo Anselmo, o Mindful Eating é uma técnica que nos auxilia muito na redução dos episódios de compulsão alimentar durante estas fases de distanciamento social e quarentena impostas pelo Coronavírus. E, mesmo, quando o transtorno alimentar ocorre, a aplicação desta Atenção Plena na Alimentação é capaz de minimizar a magnitude deste acontecimento.

Como o momento que vivenciamos é delineado por muitos desafios, queremos propor a você um desafio de saúde e bem-estar aplicados diretamente ao Comer Consciente! Que tal realizar a prática do Mindful Eating com o áudio “Choco Experience”. Tendencialmente, o chocolate é o “rei da compulsões alimentares”, assim você atua aplicando o Comer Consciente na situação mais latente. E, se você apresentar Compulsão Alimentar por outro alimento doce, substitua o chocolate por este. Use seus fones de ouvido durante a prática e desfrute!

Você sabia que a Plenitude Bem Estar possui um Curso Online completo de Mindful Eating, o Comer Consciente?

Abraços fraternais,
Prof. Dr. Marcelo Anselmo

Currículo Resumido:

Fisioterapeuta e Professor de Educação Física; Mestre em Educação pela USAL – Universidad del Salvador; MBA em Marketing (FGV); Especialista em Gerontologia (Instituto AVM); Certificado em Gerenciamento de Estresse pela ISMA (International Stress Management Association); Autor de 3 livros na área de fitness, saúde e bem estar; É Especialista na filosofia da Atenção Plena por meio da Meditação Mindfulness e do Mindful Eating (Comer Consciente); Docente do Hospital Israelita Albert Einstein; Fisioterapeuta do IABAS/Prefeitura de SP na URSI (Unidade de Referência na Saúde do Idoso); Consultor do Programa Viver é Melhor da Boa Vontade TV (LBV) e Sócio-diretor da Plenitude Eventos.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp