O Triângulo da Dinâmica Humana no Dia de Prevenção ao Estresse

Hoje, dia 23 de setembro, é o Dia de Prevenção e Combate ao Estresse. Mesmo este sendo um acontecimento natural do ser humano, podemos conceber que o mau controle deste acaba gerando a intensificação e/ou desencadeamento de diversas doenças humanas.

Como o estresse atua na intensificação ou desencadeamento das enfermidades?

Este é um questionamento interessante e que necessitamos de um raciocínio baseado em uma das expressões mais significativas da saúde contemporânea, isto é, o estilo de vida! No que se refere à intensificação, perceba que há pessoas com Hipertensão Arterial, Diabetes, Asma, clinicamente diagnosticadas, que quando estão estressadas acabam tendo episódios de crises destas doenças (pico hipertensivo, aumento de glicemia, crise asmática). Nesse sentido, o estresse desempenha um papel de intensificação, elevando o conjunto de sinais e sintomas das doenças já existentes.

E no desencademento? Como o estresse atua? Possivelmente aqui reside o aspecto mais curioso e interessante intimamente conectado com o estilo de vida. Exemplo: um amigo seu hoje com 70 anos faz tratamento de Hipertensão Arterial. Mas, se você “voltar na linha do tempo”, descobrirá que quando ele era um adulto jovem, próximo dos seus 35 e 40 anos, ele era extremamente agitado e apresentava grandes desequilíbrios emocionais frente às situações estressantes.

Isto nos remete dizer que: “a dívida foi paga quando o corpo se enfraqueceu”, ou seja, este seu amigo acabou vivendo um modelo de vida altamente estressado e quando o corpo chegou ao envelhecimento humano com redução de suas defesas orgânicas, pronto! A doença apareceu!

Assim, ao longo das minhas experiências clínicas e na docência, costumo reiterar que o Estresse interfere de modo impactante nas 3 dimensões da arquitetura humana, ou, como gosto de dizer da Dinâmica Humana:

thumb-o-triangulo-da-dinamica-humana-no-dia-de-prevencao-ao-estresse

Perceba como os fenômenos podem acontecer no nosso cotidiano, comprometendo a regência destas 3 esferas:

MENTE (Pensamento)CORPO (Sinais/Sintomas)EMOÇÕES (Sentimentos)
“Me sinto triste”Tensão nos dentes
(ATM – Articulação Temporo-Mandibular)
Angústia
“Hoje estou fadigado”Dor de cabeça (Cefaleia)Irritabilidade

Baseado nestes contextos, (e nesta emblemática data), chega de falar de mecanismo estressor em si. Vamos trazer a tona um dos recursos mais efetivos no Controle do Estresse, o Mindfulness (Meditação da Atenção Plena) com um áudio especial pra você aplicar no teu cotidiano:

Abraços fraternais,
Prof. Dr. Marcelo Anselmo

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp