Técnicas de Relaxamento e dor nas costas durante a pandemia

Dor nas costas aumenta muito durante pandemia e Técnicas de Relaxamento ajudam no controle do quadro.

A pandemia de Coronavírus (Covid-19) vem contribuindo para que fantasmas da saúde brasileira assustem ainda mais a população, não apenas no viés da saúde mental e saúde emocional (como ansiedade, insônia e estresse), todavia, nas dimensões físicas também, elevando os desequilíbrios de quadros crônicos musculares e articulares.

Um dos eventos que apresentou maior impacto consiste na dor nas costas. Um estudo em parceria desenvolvido pela FioCruz, UFMG e Unicamp mostra que mais de 40% das pessoas que não  apresentava dor nas costas, passou a queixar-se do sintoma e que 50% das pessoas pertencentes à amostra da pesquisa que já possuíam queixas, tiveram uma piora do quadro.

Dentre os fatores que desencadearam este contexto, os pesquisadores apontam:

1 – excesso do trabalho em Home-office com a consequente exacerbação da posição corporal sentada na cadeira;

2 – aumento das tarefas domésticas gerando uma necessidade maior das capacidades físicas para realização destas atividades;

3 – redução da atividade física e, mormente, do exercício físico. As áreas da coluna vertebral mais afetadas, segundo o levantamento são: coluna cervical e coluna lombar.

Estabelecendo um elo desta conjuntura do aumento da dor nas costas com aspectos da quarentena deflagrada pela pandemia, detectamos a presença de fatores destacados e seus respectivos impactos, segundo o Dr. Marcelo Anselmo, professor da Plenitude Bem Estar: a população possui a dimensão de que índices de ansiedade, insônia, depressão e burnout (síndrome do esgotamento) se acentuaram durante a pandemia. Entretanto, estes impactos reverberam em áreas mais fragilizadas do corpo que acabam “pagando o preço”, fatalmente, desencadeando ou descontrolando dores corporais, principalmente, as dores nas costas, salientando assim a sólida ligação mente e corpo.

Ainda de acordo com o Dr. Marcelo Anselmo, professor da Plenitude Bem Estar, a rede de sinais e sintomas gerados pelas doenças de saúde mental e/ou saúde emocional fazem com que o SNC (sistema nervoso central) torne-se mais reativo às informações dolorosas, somando-se aos desequilíbrios mais latentes nos marcadores fisiológicos (pressão arterial, atividade elétrica do cérebro e ritmo respiratório) que aumentam seus respectivos trabalhos, levando o organismo à agitação, inflexibilidade emocional, redução da memória e menor tolerância à dor em si.

Mas, como as Técnicas de Relaxamento podem ajudar na dor nas costas? As evidências científicas nos revelam que quando justamente estes marcadores fisiológicos citados encontram-se em um estado de equilíbrio por meio do Mindfulness ou de Técnicas de Respiração, ingressamos na coerência cardíaca (mente e coração em um patamar de regulação das ondas conjunta) proporcionando uma maior tolerância ao evento doloroso e tornando o cérebro menos sensível à informação da dor, agindo diretamente em uma modulação positiva da experiência dolorosa.

Técnicas de Relaxamento ligadas à Educação Somática, como Relaxamento progressivo de Jacobson e Relaxamento autógeno de Schultz contribuem também na dessensibilização muscular, fazendo com que não apenas o músculo relaxe, mas que, o cérebro possa entender que o músculo está tenso e, pouco a pouco, relaxá-lo de forma mais efetiva, caracterizando assim a forte integração mente e corpo no controle da dor.

Para controlar a dor nas costas nesta época de quarentena e distanciamento social geradas pela pandemia do Covid-19, que tal conhecer e aplicar diversas Técnicas de Relaxamento, como: Respiração, Mindfulness, Educação Somática, Relaxamento Sensorial e Calatonia de forma didática, abrangente e super prática?

Confira nosso Curso Online Técnicas de Relaxamento no Controle do Estresse agora!